20 abril 2016

EGOÍSTA [57]

Revista: EGOÍSTA
Número: 57

Traição é o tema da atual edição da «Egoísta».
Mário Assis Ferreira, diretor da revista, introduz: 
"A traição é um estatuto. Do traidor e do traído.
Pois que não trai quem quer, só trai quem pode. E, para o poder, só um amigo tem esse estatuto.
Tal como o traído, na desprevenida confiança outorgada, na incauta confissão de sentimentos, na imerecida partilha de frustrações e anseios.
Dessa recíproca vulnerabilidade, só possível entre amigos, pode nascer a traição.
Talvez por isso a traição nasça de meras circunstâncias, mas não seja alheia a convicções.".
Os trabalhos apresentados nesta edição, como sempre de elevado nível, são:
*Serpentine, de Mark Laita (fotografia); 
*Uma questão de honra, de Mia Couto (texto); 
*Uma história romana, de Nuno Júdice (texto); 
*4 contos pueris, de Patrícias Reis e Rodrigo Prazeres Saias (texto e ilustração); 
*A medida do tempo, de Ana Dias Silva (texto); 
*Caravaggio (pintura); 
*A verdade do vinho, de Helder Macedo (texto); 
*Até tu?, de Pedro Vieira (texto); 
*Correr isolado para a baliza, de Afonso Cruz (texto e fotografia); 
*Where children sleep, de James Molison (fotografia); 
*Tetralogia: traição e atração na obra de Wagner - Do ouro do Reno à Valquíria (1856), de Yvette Centeno (texto); 
*Filho da destruição, de Luís Filipe Cunha (fotografia); 
*Traições em noite egípcia, de Pedro Almeida Vieira (texto); 
*Pedro Proença (texto e ilustração); 
*A mãe, de Teresa Pinto Leite (texto); 
*Samba em atropelo, de Lara Longle (texto); 
*Aquele que nos maltrata, de Ana Folhadela Figueiredo Pina (texto); 
*A Europa infiel, de Francisco Seixas da Costa (texto);
*Another November, de Laura Stevens (fotografia e texto).

Saiba como pode ser assinante desta revista aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário