30 janeiro 2014

CONSTRUÇÃO MAGAZINE [58]



Número: 58


«Construção em África e na atualidade» é o tema central desta edição. Embarque nesta leitura com as entrevistas a Augusto Sousa Fernando, bastonário da ordem dos engenheiros de Moçambique, sendo Moçambique "destacado como um país onde há lugar para todos os que queiram partilhar os seus conhecimentos, de forma ética e profissional, e com vontade de criar valor" (pág.4-5); a segunda entrevista é a Vítor Cóias, CEO da Stap, onde "descreve o caminho que o levou à reabilitação de estruturas, elencando as razões que devem levar à opção pela reabilitação em detrimento da construção nova, sem esquecer a exigência técnica da primeira." (pág.6-8). Posto isto, leia sobre «A experiência de fiscalizar a construção de habitação social em Cabo Verde» (pág.9-13); «A construção metálica em Angola» (pág.14-19); «Engenharia em África» (pág.20-23); «Soluções geotécnicas em edifícios de grande altura em África» (pág.24-34).
No espaço 'Vias de comunicação' leia sobre a «Aplicação a Portugal do novo método de dimensionamento de pavimentos rodoviários da AASHTO» (pág.36-39), leia ainda outros temas de interesse nesta edição da CONSTRUÇÃO MAGAZINE.

Pode ser assinante desta revista aqui!

28 janeiro 2014

TECNOHOSPITAL [60]


Revista: TECNOHOSPITAL
Número: 60

Esta edição foca-se no tema «Qualidade e segurança em saúde», assim poderá ler sobre «Incidentes de segurança do doente. Porquê relatar?» (pág.10-16); «Qualidade e segurança em saúde: caso prático sobre a certificação de um serviço hospitalar» (pág.18-19); «Importância dos sistemas de gestão da qualidade formais nos serviços de saúde» (pág.20-21); «Implementar programas de qualidade e de segurança do doente: que ganhos podemos esperar?» (pág.22-24): «Planos de segurança internos nos edifícios hospitalares sua importância na prevenção do risco» (pág.28-30).
Em entrevista, Javier Godoy, diretor da Gasin Medica, descreve o funcionamento da empresa, as principais áreas de atuação e também oferta formativa (pág.4-8).
Leia ainda sobre o «Sistema de gestão de energia/Planos de racionalização energética» (pág.31-34); «Revestimentos têxteis inteligentes para acamados» (pág.35-39), entre outros temas de interesse.

Saiba como pode ser assinante desta revista aqui!

15 janeiro 2014

MANUAL DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE EVENTOS

Autores: ANA MARGARIDA ISIDORO, MARIA MANUEL SIMÕES, SÍLVIA DIOGO DE SALDANHA, JOAQUIM CAETANO
Editora: SÍLABO

A gestão de eventos é uma área que se encontra em franca expansão, pois a sua organização faz parte do quotidiano dos indivíduos e do funcionamento normal das empresas e instituições.
Ao nível empresarial, todos os acontecimentos, até mesmo os mais comuns, como as reuniões de trabalho, requerem um planeamento atempado e rigoroso. Já ao nível social assistimos a um aumento, ano após ano, do número de eventos propostos à sociedade e a uma notável aposta no grau de sofisticação dos mesmos.
Os eventos de sucesso são eficientes ferramentas de comunicação. O impacto positivo que podem trazer para a empresa/organização, para os seus parceiros, patrocinadores, clientes e até para a localidade (onde se realizam) é enorme. 
A organização de um evento é hoje um processo especializado e de grande responsabilidade.
Este manual visa essencialmente servir aqueles que pretendem desenvolver as suas competências na área de gestão de eventos e também aqueles que simplesmente se interessam pela área, considerando-os como verdadeiros instrumentos de comunicação.

Para começar, e bem, os autores esclarecem o conceito de evento, nomeadamente, a evolução dos eventos, os objetivos, a tipologia, a caraterização e a importância dos eventos para as marcas. Em seguida mostram como organizar um evento na prática, que essencialmente é o foco de um livro deste tipo. Assim, aprenderá as diversas fases: o planeamento, as diferentes etapas do evento, a logística, a gestão dos recursos, o briefing e o licenciamento. Posto isto, é apresentada a definição de protocolo e explicado o protocolo nos eventos, nomeadamente, as bandeiras, a correspondência oficial, os cartões de visita, os convites, os trajes, as precedências, os brindes e as mesas. Outros aspetos relevantes são a comunicação institucional, a gestão de equipas, o orçamento e negociação, o marketing de eventos, a avaliação dos eventos, os patrocínios e os media. Tudo isto para ler e absorver neste livro, onde ainda poderá conhecer dois casos de estudo.
É, efetivamente, um livro a consultar se vai participar na organização de um evento, independentemente da dimensão do mesmo.

Para mais informações sobre esta obra clique aqui!

13 janeiro 2014

OUT OF THE OFFICE - TRABALHAR NUNCA FOI TÃO FÁCIL

Autores: JOSÉ GABRIEL QUARESMA & CARLOS GONÇALVES
Editora: VIDA ECONÓMICA

“Out of the Office” é um Livro e ao mesmo tempo uma aplicação móvel sobre o Escritório do Futuro.
Descreve histórias reais sobre pessoas e empresas que adoptaram novos modelos de trabalho – Escritórios Virtuais, Teletrabalho e Coworking – espaços de trabalho inovadores e tecnologia colaborativa que lhes permitiram ser mais eficientes e produtivos.

Por diversos fatores, cada vez mais o trabalho a partir de casa ou o coworking começam a fazer parte do dia a dia de vários trabalhadores portugueses. Nesse sentido, este livro vem ajudar a mudar mentalidades e a até a incentivar aqueles que têm uma ideia e querem começar um pequeno negócio, mas não sabem como dar a volta à questão do espaço físico - o escritório, a renda, as despesas de água e luz, entre outros.
«Out of the office» explica quais as vantagens, os desafios (e também os inconvenientes) de adotar este estilo de trabalho.
Algumas coisas que pode descobrir neste livro é que através do modelo dos escritórios virtuais é possível ter uma morada física associada à sua empresa, receber correspondência e chamadas telefónicas, alugar salas de reuniões, entre outros; quanto ao teletrabalho, significa que pode trabalhar fora do escritório central através do uso de tecnologia que facilite a comunicação, uma alternativa para um pequenos empresários, para consultores, representantes comerciais, etc, e até mesmo para funcionários de grandes organizações. O teletrabalho é atrativo pois proporciona um equilíbrio entre a vida profissional e a vida pessoal, "este modelo de trabalho diminui o stress, aumenta o bem-estar, permite maior disponibilidade para a família, poupa a preocupação de encontrar lugar para estacionar o carro, permite a diminuição das despesas, a possibilidade de ser o seu próprio "patrão", com tudo de bom que isso implica". Contudo, há milhões de pessoas que não conseguem trabalhar em casa. Para essas, explica o livro, a opção mais óbvia é o coworking, ou seja, não precisa de, necessariamente, utilizar o "escritório virtual", mas pode fazê-lo se quiser, podendo ainda realizar trabalho à distância (teletrabalho). Tal como é referido pelos autores, o coworking aproxima-se do modelo de "cooperativa", pois o objetivo não é somente o lucro, mas também a socialização e a criatividade. É um regime que permite a interação com outras pessoas, que pode criar dinâmica de grupo (entre empresas diferentes), e que baixa substancialmente os custos que um espaço físico isolado teria.
Entre outros, pode ainda ler testemunhos de empresários que optaram por estes modelos de trabalho e conhecer as experiências dos mesmos.
É, indubitavelmente, um livro a ler se pensa adotar um dos novos modelos de trabalho.

Pode comprar este livro aqui!

03 janeiro 2014

O QUE DEVE SABER SOBRE DINHEIRO E MERCADOS FINANCEIROS

Autor: LUÍS MAIA
Editora: CHIADO EDITORA

Luís Maia, conhecido especialista e formador em mercados financeiros internacionais, partilha consigo a sua experiência como investidor e explica porque existem tantas ideias erradas sobre dinheiro e investimentos. Mais do que isso, explica que a nossa relação emocional com o dinheiro tolda a nossa visão do futuro, vivendo apenas para pagar as contas do dia-a-dia e esquecendo que o dinheiro é apenas um veículo que nos pode levar para outra forma de viver.
O autor ensina-nos os elementos-chave que levarão uma pessoa absolutamente normal a mudar os seus hábitos financeiros e a saber investir de uma maneira a ter outras fontes de rendimento e até a obter independência financeira.
Ao longo destas páginas, Luís Maia conversa com o leitor de modo a lhe ensinar tudo o que precisa saber para transformar a sua forma de pensar e a saber investir para não voltar a preocupar-se com o dinheiro.

Neste manual simplificado, que nos permite compreender como funciona o mercado financeiro, Luís Maia aborda, entre outros, os seguintes tópicos: 
Romper com o caminho tradicional - onde partilha a sua visão sobre o investimento, esclarecendo que para ganhar dinheiro é preciso estar apto a perder parte do capital e a encarar o dinheiro como um ferramenta de trabalho e não um fim em sim mesmo. Entender a motivação do preço nos mercados - ponto chave onde saber como analisar informação pode colocar o investidor no lado ganhador. Como minimizar as perdas - será o principal objetivo de um investidor ganhar dinheiro? o autor argumenta que não.
Controlar emoções no trading - as exigências a nível emocional do sistema financeiro.
O autor explora ainda o Plano de Investimento, o posicionamento no mercado, as bases de apoio para o investidor, o volume de contratos no mercado, a gestão monetária, a progressão gradual do investidor, e também a preparação de futuros investimentos.
Com esta leitura pode-se obter maior conhecimento sobre o mundo dos mercados financeiros, que para muitos pode parecer um tanto ou quanto obscuro e inacessível, através da exposição esclarecida de Luís Maia.
Como nota de abertura o autor, define um investidor como um especulador, ao invés de apostador, uma vez que este "tem as informações e as ferramentas necessárias para tomar uma decisão consciente no mercado".

Pode comprar o livro aqui!