22 dezembro 2014

DECIFRAR A ARTE EM PORTUGAL - ARTE CONTEMPORÂNEA

Autor: PAULO PEREIRA

Os movimentos artísticos do séc. XX. A tensão entre tradicionalismo/ rutura e a tentativa de construção de um mundo novo a tornar o progresso num valor de aproximação à modernidade. Novos suportes de transmissão e circulação de ideias artísticas – fotografia, cinema, vídeo.

Tal como explica Paulo Pereira na introdução, "Os artistas dos séculos XX e XXI possuem quase todos (com raríssimas e geralmente dramáticas exceções) uma história conhecida e registada, quantas vezes ao ritmo dos meses e dos dias... Por outro lado, como se pode dar a ver uma obra em que regimes de produção, o acompanhamento das tendências nacionais e internacionais levaram a inflexões, mudanças de linguagem, alterações de percurso, hesitações; onde fixa, em que período de produção, deste o daquele, a obra-chave? Pois não há obras-chaves. Há trajetos em aberto, outros encerrados pela desaparição dos artistas ou pela desaparição das obras, outros encerrados em testemunhos e memórias. No seio desta coleção, eis portanto o volume mais complicado.". Efetivamente, este livro encerra a coleção 'Decifrar a Arte em Portugal' do historiador Paulo Pereira. "Num total de seis volumes, esta coleção visita a arte em Portugal a partir da seleção de 100 obras marcantes de cada período histórico desmontando e decifrando os seus elementos e significados.".
Quanto a este volume, de facto tem um elevado grau de exigência, que foi superado por Paulo Pereira e que se traduziu num fascinante livro que ajuda qualquer pessoa a conseguir entender melhor o significado das várias obras de arte apresentadas. 

Saiba mais sobre esta coleção aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário