26 outubro 2014

TUDO SE TREINA

Autor: JORGE ARAÚJO
Editora: INCM

O ser humano precisa de estar em constante relação com os outros, e integrado em coletivos ou comunidades. Mas também apresenta necessidades prementes de afirmação individual, reconhecimento e distinção. Gosta de cooperar, mas igualmente de competir. Compara-se com aqueles que o rodeiam, e interpreta as suas atitudes e comportamentos com base nas crenças e valores adquiridos. Está em permanente comunicação, consoante o treino e a educação recebidos e, integrado numa realidade social complexa e imprevisível, confronta-se com uma constante necessidade de adaptação.
Todos nós adquirimos hábitos comportamentais através da educação e do treino a que somos sujeitos. É um processo naturalmente condicionado pelo ambiente social em que nos integramos, pelas oportunidades e experiências vividas, pela paixão com que nos entregamos à busca da melhoria pretendida e, principalmente, pela presença e pela qualidade do apoio de quem nos mobiliza no sentido de adquirir a empatia e a resiliência necessárias para atingirmos determinados objetivos.

Jorge Araújo foi treinador profissional de basquetebol durante 38 anos. Atualmente é uma referência no que respeita ao coaching individual e de equipas em contexto empresarial.
O livro conta com dois prefácios, um de José Constantino, presidente do Comité Olímpico de Portugal e outro de Paulo Almeida, chefe de gabinete do presidente do Comité Olímpico de Portugal. Posto isto, o autor inicia a obra recordando a história da 'bola no nariz', também referida ao longo do livro, onde, resumidamente, ficamos a saber que por um jogador ter colocado a mão no nariz após lhe terem atirado com uma bola, perdeu a bola que tinha na mão, dando a possibilidade ao adversário de recuperar a mesma e marcar cesto. A equipa perdeu o campeonato devido a esse "deslize". O que aconteceu depois deixamos para lerem no livro.
Mas afinal, o que é que podemos aprender com este livro? O autor aborda vários pontos, tais como: adquirir hábitos comportamentais; ser excelente; a importância das neurociências; as energias e as emoções; o interruptor do sucesso; em equipa que ganha também se mexe; treino na área comportamental; bem-estar físico, mental, emocional e espiritual; entre outros.
Este livro conta ainda com oito notas finais, onde Jorge Araújo afirma que "uma intervenção de coaching pressupõe envolver, ajudar a refletir, criar opções e aprender com os erros, concentrando-se o treinando em soluções imediatas, possíveis de alcançar, e não só nas de longo prazo, e, obviamente, mais ambiciosas (e difíceis de concretizar)".

Pode comprar o livro aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário