10 abril 2013

PORQUE FALHAM AS NAÇÕES - AS ORIGENS DO PODER, DA PROSPERIDADE E DA POBREZA

Autores: DARON ACEMOGLU; JAMES A. ROBINSON

Brilhante e escrito de uma forma simples, Porque Falham as Nações responde à pergunta que deixou perplexos os peritos durante séculos: porque é que umas nações são ricas e outras pobres, separadas pela riqueza e a pobreza, a saúde e a doença, os alimentos ou a fome?

A grande motivação deste livro é expor as razões da polarização entre as nações, enfatizada pelos diferentes níveis de rendimento e de vida que separam os países mais ricos dos mais pobres.
A argumentação de Acemoglu e Robinson desmistifica as teorias comummente aceites para explicar os diferentes níveis de riqueza, encaradas neste trabalho como teorias que não funcionam, como a hipótese geográfica, a hipótese cultural e a hipótese da ignorância (que afirma que existe desigualdade no mundo porque nós ou os nossos governantes não sabemos como tornar ricos os países pobres). O exemplo para fazer cair estas hipóteses é dado apartida pela cidades de Nogales, no Arizona (EUA) e Nogales, Sonora (México), cidades que partilham fronteira e cultura, mas a primeira é muito mais rica do que a segunda em parte devido às instituições que se formaram em cada um dos lados. E a origem desta diferença remonta ao período colonial das Américas. Sendo que a economia do Parelelo 38, a fronteira entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul, também serve esse propósito.
Por sua vez os autores colocam a tónica na política e nas instituições políticas como principal motivo para a desigualdade, porque são estas que vão determinar as instituições económicas dos países. A teoria mostra que existe uma interação entre as instituições políticas e económica determinante para gerar pobreza ou prosperidade. Assim, apresentam conceitos fundamentais a esta análise como instituições económicas inclusivas ou extrativas, destruição criativa e cunjunturas críticas, sendo que a história tem muito peso em toda a exposição.
Terá muitos motivos para desfrutar este livro, ainda mais se gostar de história, ciência política ou economia. Descubra então a razão pela qual «Porque Falham as Nações» foi considerado melhor livro do ano pelo Financial Times.

Pode comprar o livro aqui!


Nenhum comentário:

Postar um comentário