27 janeiro 2012

PASSATEMPO «UMA MELODIA INESPERADA»

O blog Cita-Livros em parceria com a editora Civilização preparou um novo passatempo para os seus leitores. 
Trata-se da oferta de um exemplar do livro «Uma melodia inesperada» de Jodi Picoult.
Se quiserem participar têm de escrever uma frase que inclua as palavras «Civilização» e «Inesperada», em forma de comentário a este post. No final, não se esqueçam de colocar o vosso nome e email.
Não existe limite de comentários por pessoa.
O presente passatempo decorre até dia 10 de Fevereiro.
O vencedor será anunciado no dia 12 de Fevereiro e contactado por email de modo a indicar a morada para a qual deveremos enviar o prémio.

BOA SORTE!

70 comentários:

  1. Nesta noite gelada,
    A Editora Civilização vai fazer-me companhia,
    Com "Uma Melodia Inesperada",
    Vou deliciar-me até ser dia.

    Nome: Daniela Correia
    Email: danielabmcorreia@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. A busca por uma Civilização imaculada pode resultar numa descoberta Inesperada!

    Nome: Dina Ferreira
    Email: dinaferreira@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Para ter o poder de sonhar numa civilização melhor, um livro eu vou ler.
    E através de cada página deste livro, uma sensação inesperada irei ter.

    Nome: Nilza Neves
    Email: nilza.nvs85@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. No meu livro ha muita emoção,
    é em mim uma balada,
    e graças á civilização,
    vou ter uma surpresa inesperada!

    nome: graça
    email: 69.graca@gmail.com

    ResponderExcluir
  5. Surpresa inesperada era eu ganhar um livro da Civilização no passatempo do Blog Cita-Livros...

    Nome: Jorge Mmartims
    Email: jorgemartins_cpv@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. Era uma vez uma menina
    Que adorava os livros devorar
    Assim que terminava um
    À civilização outro ía comprar!
    No dia do seu aniversário
    Recebeu uma prenda inesperada
    Um livro muito desejado
    Que a deixou deveras encantada!

    Maria Lopes
    maria-leontina@hotmail.com

    ResponderExcluir
  7. Livros eu adoro, ler e devorar
    Esta prenda inesperada não me poderia escapar
    Pois o meu aniversário está a chegar
    E a Editora Civilização parece que consegue adivinhar!


    Ana Oliveira
    anao97@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. Neste inverno tão fresquinho
    Só me apetece estar no meu cantinho
    A devorar um belo livro ao calor
    Da Editora Civilização que lhe tenho tanto amor!
    Uma prenda inesperada quero receber
    Para que este ano seja de valer!

    Maria Silva
    milasilva00@hotmail.com

    ResponderExcluir
  9. Por mais inesperada que seja a melodia a nossa civilização sempre estará cá para a escutar...

    Ana Ruela
    sub7girl@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  10. Inesperada manhã esta
    Em que me buscas e me encontras
    Em que me envias um olá, um beijo ou um abraço
    Se espero por isso?
    Não...
    Se quero isso?
    Sim...
    E saio do meu ninho, em busca de ti.
    De notícias tuas, tão minhas
    Rumo a essa tua civilização,
    Que me começa a fascinar
    E a seduzir sem que tu saibas.


    Vânia Sampaio
    vaniamsampaio@gmail.com

    ResponderExcluir
  11. É profunda a dor que me assola
    Esta emoção que muito desconsola
    O fogo da alma encontrou a perdição
    Foi culpa desta negra, feroz civilização!
    Os bons momentos, a doçura do contentamento
    Desvanecem da mente, é fome deste alimento
    Só o cita-livros, gentil, tem consigo solução determinada
    Ao culminar com o vazio da estante numa surpresa inesperada

    Vítor Caixeiro
    vitor_caixeiro@hotmail.com

    ResponderExcluir
  12. Ao descer do jipe deparo-me com uma tribo bastante calorosa, simpática, afável e acolhedora. São de uma civilização inesperada que nunca pensei encontrar no meio da selva.

    ResponderExcluir
  13. Esta noite, vou chamar a inspiração,
    descobrir uma aventura inesperada
    ao ler livros da «Civilização»,
    uma surpresa a cada desfolhada.

    Sara Santos
    saracvsantos@gmail.com

    ResponderExcluir
  14. Nesta inesperada vida onde nos arrasam as palavras "crise" e "austeridade" pelo menos vamos-nos alegrando com os passatempos da civilização!!!

    Bruno Almeida
    brunodanimeida@hotmail.com

    ResponderExcluir
  15. Quem escolhe livros editados pela Civilização Editora pode contar com autores supremos, histórias cativantes, e pode acontecer, tal como aconteceu comigo, que fiquei deliciosamente encantada, certos autores que desconhecia, pois não eram tão divulgados, prenderam-me de uma forma, totalmente inesperada.

    Nome - Elsa Moreira
    email - elsasilvamoreira@gmail.com

    ResponderExcluir
  16. A Vida é feita de uma inesperada e profunda catadupa de momentos e sensações, mergulhada numa civilização que nunca iremos compreender....

    Rogério Junior
    rogerio13junior@gmail.com

    ResponderExcluir
  17. no meio desta civilização imperfeita e inacabada,
    um bom livro de forma inesperada ganho,
    a diferença pode fazer,
    na luta diária para sobreviver.
    nome: sara delgado
    email: sfdcd23@gmail.com

    ResponderExcluir
  18. Graças à editora Civilização
    Em conjunto com o blogue Cita-livros
    Uma Melodia inesperada vou ler
    Se o passatempo vencer!

    Rita Florindo
    e-mail: ritaflorindo@hotmail.com

    ResponderExcluir
  19. No meio de uma civilização
    No meio de um mundo
    Só uma coisa quero fazer
    Um bom livro ler
    Até que um noticia inesperada
    Me venha deter
    E o meu sonho acabar
    O livro terminar
    Mas noutro dia outro começar
    Pois ler
    É uma coisa que não se consegue parar

    Nome: Alzira Costa
    E-mail: alziracfc@hotmail.com

    ResponderExcluir
  20. Com a Editora Civilização
    Um livro vou ganhar
    E inesperada será a minha reacção
    Se o mesmo me calhar


    Lara Estima
    laragestima@gmail.com

    ResponderExcluir
  21. A integração do ser humano na civilização proporciona-lhe uma vida inesperada e surpresas inusitadas!


    Nome: Nadine Amaro
    E-mail: nadine_amaro@hotmail.com

    ResponderExcluir
  22. Num tempo de crise antecipada, a Civilização vai oferecer, uma surpresa inesperada para a crise esquecer!!!!
    by Mélisa Oliveira, eu_sou_mel@hotmail.com

    ResponderExcluir
  23. Chegando a frente dela, de forma inesperada, ele parecia não saber o que dizer, nem ela. Em vez disso, ele apenas olhou para ela.Embora ela soubesse que era loucura, ela teve a impressão que ele estava de alguma forma ter o prazer de correr para ela novamente.
    Estranha esta civilização que é o amor..

    Helena Maria
    helenamlmauricio@gmail.com

    ResponderExcluir
  24. Para, respira e olha a tua volta. Quando pensares que o mundo te ignora, que a vida nao tem mais sentido, em que tu so es mais um no meio de toda a civilizaçao, ele encontra-te. E tu vais perceber da forma mais inesperada que o amor chegou ate ti!

    Silvia Silva
    silviasilva_1987@hotmail.com

    ResponderExcluir
  25. Para as minhas férias aproveitar,
    com a ajuda da Civilização vou ganhar,
    uma melodia inesperada,
    para me sentir completamente maravilhada!

    Mariana Mendonça Passos
    loira_52@hotmail.com

    ResponderExcluir
  26. Inesperada esta hora em que venho
    Encontrar a simpatia, a honra da civilização
    É por haver alguém que oferece surpresas assim
    Que não perco pelos livros a minha forte paixão

    Vítor Caixeiro
    vitor_caixeiro@hotmail.com

    ResponderExcluir
  27. Qualquer emoção é inesperada
    Especialmente a que de um livro nos advém
    A Civilização é uma fonte de boas leituras
    Um manjar dos deuses para quem ama o saber também
    patrícia dias
    patiinha_@hotmail.com

    ResponderExcluir
  28. Uma notícia que toda a gente sabe: Se é bom, a Civilização tem!
    Uma notícia (mais ou menos) Inesperada: Lídia Dias, ganhou este fantástico livro no Cita-Livros!

    Nome:Lídia Dias
    Email:lidiadias_mb@hotmail.com

    ResponderExcluir
  29. Entre folhas e letras o meu pensamento vai voar
    é a civilização das palavas que me faz viajar
    entre mundos e fantasias vou poder encontrar
    uma forma inesperada de me fazer sonhar


    Nome: Ana
    E-mail: pollykc@gmail.com

    ResponderExcluir
  30. Hoje ao visitar o site descobri que da Civilização uma alegria Inesperada poderia vir a ter, ganhar um livro de Jodi Picoult para me regalar a ler. Nome: Célia
    E-mail: cassulinha@gmail.com

    ResponderExcluir
  31. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  32. Caros participantes. Queremos alertá-los para o facto de pedirmos somente uma frase. Assim sendo, dividam as ideias apenas por vírgulas em vez de pontos finais. Boa sorte!

    ResponderExcluir
  33. Com a Editora Civilização sempre a surpreender,
    Um bom livro vou ganhar,
    Uma companhia inesperada vou ter
    E para sempre irei recordar.

    Nome:Ana Carina Leandro
    Email:a.c.d.l_11@hotmail.com

    ResponderExcluir
  34. Eu, como participante que sou da Civivlização atual, chamo-me ansiedade para descobri a Inesperada melodoa proposta pelo Jodi Picoult.
    Eu Norma Oliveira dos Santos
    E-mail- normaoliveirasantos@gmail.com

    ResponderExcluir
  35. Se houver uma história suspensa, a Civilização recuperá-la-á; como às páginas tantas, tantas melodias, palavras soltas, livros construídos, marcas de vida que surgem inesperadas, como as boas leituras que se fazem sem doer e fazem parte do ser que acabamos por ser construídos como somos pelas histórias dos livros!

    asgeraldes@gmail.com

    ResponderExcluir
  36. Tânia Frade

    missandreya@hotmail.com

    A pairar no mundo literário, por entre as estantes da Civilização, encontra-se a obra de Jodi Picoult: "A Melodia Inesperada", que aterra sobre o nosso horizonte, para mais uma leitura em que ficarei certamente deliciada.

    ResponderExcluir
  37. Procuro nestas páginas a proeza
    O instinto, o fulgor da emoção
    É, pois, numa inesperada palavra
    Que se faz tremer toda esta civilização

    Vítor Caixeiro
    vitor_caixeiro@hotmail.com

    ResponderExcluir
  38. "A noite chega, me aconchego
    no meu quarto, levo junto
    um novo livro que ganhei,
    Uma Melodia Inesperada,
    da Civilização, vou viajar
    pelas palavras e sonhar
    na madrugada."

    Cristina Ferreira
    mcristina2008@sapo.pt

    ResponderExcluir
  39. Este livro da Civilização espero ganhar, de uma forma inesperada sei que me vão contactar.

    Marieli Costa
    mari.idc@hotmail.com
    :)

    ResponderExcluir
  40. Com a editora Civilização vou criar uma inesperada colecção.

    Ana Jesus
    anocasnanet@gmail.com

    ResponderExcluir
  41. Da editora Civilização o livro quero ganhar, por "Uma Melodia Inesperada" vou participar.

    Ana Jesus
    anocasnanet@gmail.com

    ResponderExcluir
  42. Por neste post participar, uma inesperada civilização vou conquistar.

    Ana Jesus
    anocasnanet@gmail.com

    ResponderExcluir
  43. Para um livro da editora Civilização
    Neste passatempo eu ganhar
    Nesta inesperada noite fria
    No cita-livros vou comentar

    Ana Jesus
    anocasnanet@gmail.com

    ResponderExcluir
  44. Por uma inesperada sorte eu espero, da editora civilização um livro eu quero.

    Ana Jesus
    anocasnanet@gmail.com

    ResponderExcluir
  45. Neste post sobre inesperada e civilização tenho de falar, para este passatempo ganhar...

    Ana Jesus
    anocasnanet@gmail.com

    ResponderExcluir
  46. Neste inverno com o Cita-Livros
    e a editora Civilização
    "Uma melodia inesperada" ganhei
    para me aquecer o coração

    Ana Jesus
    anocasnanet@gmail.com

    ResponderExcluir
  47. Vivemos numa civilização inesperada ou...inesperadamente civilizada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vivemos numa civilização inesperada ou...inesperadamente civilizada?

      Helena
      mlenajlopes@gmail.com

      Excluir
  48. Eu, leitora dedicada, aceito-te a ti, Civilização, como minha editora favorita, prometo ler muitos dos teus livros e respeitar-te, no Verão ou no Inverno, em casa ou durante uma viagem inesperada, todos os dias da nossa vida.

    Nome: Daniela Barbosa Moreira Correia
    email: danielabmcorreia@hotmail.com

    ResponderExcluir
  49. Tal como a melodia é inesperada, é sempre com inesperada alegria que recebo os passatempos do Cita-livros com a Civilização! Obrigada.

    Josefa Filipa Duarte
    josefafilipa@hotmail.com

    ResponderExcluir
  50. DE: maria (marm211@gmail.com)
    Para: Civilização (info@civilizacao.pt)
    Assunto : Prenda de Aniversário

    Exmos Srs

    Todos os anos faço uma carta ao Pai Natal, onde lhe peço os Presentes que quero receber e geralmente, ele até desce pela chaminé e deixa lá o presente. Mas, no Natal passado ele respondeu-me dissendo o seguinte:

    "A troika proibiu-me de aterrar em Portugal porque estais em crise...por isso, se queres o livro Uma Melodia Inesperada manda um mail para a Civilização e pede-lhe o livro e diz-lhe como me disses sempre que te portas-te muito bem, lá, lá, lá..."

    Então resolvi mandar este mail para ver se me poderão oferecer o livro. Eu sei que o Natal já passou mas, eu faço anos neste mês mais precisamente no dia 11 e que tal oferecerem me o livro no meu dia de anos, É TAMBÉM UMA DATA IMPORTANTE...
    Aguardo resposta, com os melhores cumprimentos:


    maria armanda rocha marques
    marm211@gmail.com

    ResponderExcluir
  51. Vivemos numa altura em que só uma inesperada re(vira)volta pode alterar o rumo tomado pela nossa civilização. Encontramo-nos à beira do abismo e preparamo-nos para, confiantes, dar mais um passo em frente.

    Pedro Serra
    pedrofserra@hotmail.com

    ResponderExcluir
  52. A vida nunca poderia ser como uma biblioteca minuciosamente organizada,
    Pois a sua piada é mesmo essa, o quanto ela nos surpreende e é inesperada,
    Sem saber, toda a nossa Civilização vive nesta roleta russa constante,
    Navegando nas sinuosas marés do destino onde o homem julga ser o comandante!

    Nome: Eulália Cunha
    email: eulaliacunha@iol.pt

    ResponderExcluir
  53. Na sobrevivência desta civilização
    Eis, que me surge a tentação
    De forma inesperada,
    Vos deixar aqui a minha participação
    Terei sorte de principiante, ou não?

    Marina Melo
    msmsaleb@gmail.com

    ResponderExcluir
  54. A sensação proveniente do encontro entre vários tipos de civilização é, muitas vezes, seguida de um prazer infinito. Esse prazer vem do conhecimento de novas realidades permitindo aos intervenientes serem inundados por inesperadas ondas de felicidade.

    Duarte Mestre
    stuartmaster@hotmail.com

    ResponderExcluir
  55. Ás vezes estamos tão ocupados a cumprir as obrigações que a civilização nos impõem que não ouvimos a melodia das pequenas coisas: o sol que brilha de amanhã, o sorriso de alguém que nos querido ou aquela música a passar na rádio…E é de forma inesperada que nos damos conta que devíamos sorrir mais em vez de nos deixarmos abater pelos problemas. Há a crise, o desemprego…mas se conseguirmos encontrar algo de bom no nosso dia, uma pequena melodia inesperada, já é uma vitória.

    Sara Paredes
    SaraF.barros@sapo.pt

    ResponderExcluir
  56. Na ternura deste abraço envolvente
    Cerro os olhos ao poder da sedução
    Deixo as palavras guiar a linha da mente
    Para uma inesperada e distante civilização

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vítor Caixeiro
      vitor_caixeiro@hotmail.com

      Excluir
  57. A civilização apressada,
    nem sabe qual a sensação,
    da descoberta inesperada,
    que é ter um bom livro na mão!

    Ana Maria Alvarinho
    amarelinha_62@hotmail.com

    ResponderExcluir
  58. Nesta Civilização em que não faltam situações Inesperada(s), nada como ler um bom livro em que as surpresas são sempre agradáveis.

    Carla Sousa
    carla_lcps@hotmail.com

    ResponderExcluir
  59. é graças a civilização,
    que estou emocionada,
    o meu maior desejo,
    é ler a melodia inesperada!!

    69.graca@gmail.com

    ResponderExcluir
  60. Uma surpresa inesperada seria com a ajuda da civilização ganhar um livrinho nos próximos dias.

    Angelina Violante
    toyota_angelina@hotmail.com

    ResponderExcluir
  61. Dia 12, no meu 27º aniversário
    gostaria de receber estas palavras de melodia
    seria uma prenda inesperada
    da Civilização, para alegrar o meu dia!


    Ana Lopes

    a_marisa_lopes@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...e nesta pacata civilização,vou dando de comer ao cérebro,só assim sendo,me garanto de uma inesperada alienação!!

      Silvia Pais (silvanirapais@hotmail.com)

      Excluir
  62. No meio de toda a civilização é só para ti que olho, esperando pela oportunidade inesperada de te poder dizer "Olá"

    Tânia Silva
    taniagolfas@gmail.com

    ResponderExcluir
  63. Nos dias de hoje a constante de viver numa civilização inesperada é diária onde apenas as palavras te fazem encontrar a serenidade de outros tempos e a esperança de conforto na melodia inesperada que orquestra as nossas vidas

    Sofia Santos
    sofia_patricio@hotmail.com

    ResponderExcluir
  64. Perco-me nas horas desta Civilização que me consome,
    vida cheia, vida breve, oca, eterna sugestão.
    é Silêncio o que me distingue nesta perseguição massiça,
    é oração de desespero de quem é inesperada a vida.
    Acredito que assim seja, que ao largo passará, trará alma,
    vida encanto, e o mundo, por si só se ressustitará!

    é com amor que rogo de louvor por repleta imensidão,
    é o povo que grita com fogo posto,
    que geme de dor sem gosto,
    por ser escravo da engratidão.

    Ajuda, por favor ajuda é o que se escuta
    quando se ouve o coração,
    coração que cresce e se transpareçe
    quando nos dão a mão!

    Obrigado, Gratidão, obrigado,
    é ternura neste fardo,
    de quem venceu assim,
    se espelhou nessa hora certa,
    glória incerteza,
    mas saudosa é a mesa, numa casa à Portuguesa,
    se com um beijo se despede de ti.

    Marisa Inglês

    marisa.g.ingles@gmail.com

    ResponderExcluir
  65. Ás vezes estamos tão ocupados a cumprir as obrigações que a civilização nos impõem que não ouvimos a melodia das pequenas coisas: o sol que brilha de amanhã, o sorriso de alguém que nos querido ou aquela música a passar na rádio; e é de forma inesperada que nos damos conta que devíamos sorrir mais em vez de nos deixarmos abater pelos problemas.

    Sara Paredes

    SaraF.barros@sapo.pt

    ResponderExcluir