25 julho 2011

CAPITALISMO 4.0


Autor: ANATOLE KALETSKY
Editora: ALÊTHEIA

No início de 2009, muitos economistas, financeiros e comentadores nos media estavam convictos de que a América deixaria de liderar o mundo capitalista que moldou a história e a economia dos últimos 100 anos. No entanto, o modelo económico norte-americano, longe de ser desacreditado pode ter saído afinal fortalecido da crise financeira.
Neste livro provocador, Anatole Kaletsky reinterpreta a crise financeira como parte de um processo evolutivo inerente à natureza do capitalismo democrático. O capitalismo, defende o autor, é elastic. A sua primeira forma, o Capitalismo 1.0, foi o clássico capitalismo laissez-faire que durou entre 1776 e 1930. De seguida surgiu o Capitalismo 2.0, o capitalismo social do New Deal keynesiano criado em 1930 e extinto na década de 70. A sua última mutação, o mercado fundamentalista de Reagan-Tatcher, culminou na globalização financeira da última década e desencadeou a recessão de 2009-10. A auto-destruição de Capitalismo 3.0 deixa a porta aberta à nova fase evolutiva do capitalismo. O Capitalismo deverá transformar-se nas próximas décadas em algo diferente quer do mercado fundamentalista completamente desregulado de Reagan e Tatcher quer da era Roosevelt-Kennedy. Este é o Capitalismo 4.0.

Pragmático! - É o conceito perfeito para definir este livro.
Em "Capitalismo 4.0" Anatole Kaletsky "alimenta" o debate em torno do capitalismo e apresenta uma visão alargada do panorama económico em que vivemos sem descurar os acontecimentos que nos conduziram até aqui.
"Capitalismo 4.0" é, portanto, uma obra exaustivamente detalhada, apropriada para os leitores interessados em matérias de economia, mas também, tão esclarecedora que mesmo os leitores menos experientes nesta temática vão encontrar nestas páginas motivos para se "agarrarem" ao livro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário